editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Eleições

Publicado em 13 de junho de 2018 às 17:00h

Bahia tem 4º eleitorado entre estados; Teixeira tem 103.893 eleitores

por Foco no Poder
Foto: Robson Mendes/ Secom/ PMS
Foto: Robson Mendes/ Secom/ PMS

Salvador tem o quinto maior eleitorado entre as cidades brasileiras, conforme estudo divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

São 1.763.029 eleitores na capital baiana, que fica atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte, segundo o levantamento.

Entre os estados brasileiros, por sua vez, a Bahia ocupa a 4ª posição no ranking, com 10.259.794 de eleitores. Acima, aparecem São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O estudo também levantou o número de cidades brasileiras que possuem mais eleitores que habitantes: 231. Na Bahia, são cinco municípios nesta situação.

Merece destaque Maetinga, no sudoeste baiano. A cidade ocupa o 4º lugar entre os municípios brasileiros com as dez maiores diferenças entre eleitorado e população. São 6.736 eleitores e 4.456 habitantes, o que resulta em uma diferença de 2.280 pessoas.

Conforme o estudo, a explicação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para dados deste tipo está na diferença entre domicílio eleitoral e domicílio civil.

Segundo a revista Estudos Eleitorais de 2015, elaborada pelo TSE, “enquanto o chamado domicílio civil é mais restrito por limitar-se à residência na qual se anseia permanência definitiva, o domicílio eleitoral é aplicado de forma mais flexível, abarcando a localidade na qual o eleitor comprova residência acrescida de envolvimentos afetivos, familiares e sociais”. Portanto, é possível o cidadão morar em um município e votar em outro, sem que isso se configure em fraude.

Teixeira de Freitas, de acordo dados de 2017, tem  103.893 eleitores numa população de 161.690 habitantes. Destes, conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 52,58% são mulheres (homens são pouco mais de 47%). Na idade, 24%, em 2017, tinham 25 a 34 anos, 23% 45 a 59, 21% 35 a 44 anos. Entre os jovens, poucos eram eleitores: 17 anos, apenas um por cento; 18 a 20 anos, 5%; 21 a 24 anos, 9%.

No que tange ao grau de instrução, 27% dos eleitores tem fundamental incompleto,  19% médio incompleto. A pouco instrução fica mais evidente: 18% lê-escreve, 10% analfabeto. Apenas três por cento tem superior completo e 2% estava cursando alguma faculdade em 2017; 5% dos eleitores teixeirenses têm o fundamental completo.

Com informações Bahia.ba e Eleições e Política

 

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP


Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.