editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

equilibrio

Publicado em 4 de maio de 2018 às 03:40h

“Cinco vezes por dia não era suficiente”, diz mulher com transtorno de vício.

Rebecca Barker, de 37 anos, diz que dependência em sexo arruinou seu relacionamento e a levou a se isolar
por Foco no Poder

O vício em sexo divide a opinião de especialistas, mas para algumas pessoas é uma condição bastante real que pode ser vergonhosa e até “destruidora de vidas”. A própria Organização Mundial da Saúde (OMS) deve incluir, em maio de 2019, o “transtorno do comportamento sexual compulsivo” em sua lista da Classificação Internacional de Doenças. Enquanto isso, no Reino Unido, a instituição beneficente de apoio a relacionamentos Relate tenta viabilizar suporte às vítimas por meio do sistema público de saúde, o NHS.

Atualmente existem terapias e trabalhos em grupo disponíveis nessa área, mas a maior parte é paga. “Para alcoólatras, há o Alcoólicos Anônimos, mas eles também podem ir ao NHS, que dá apoio a quem tem problemas com álcool ou drogas”, diz Peter Saddington, da Relate. “Os viciados percebem que estão causando danos, mas não conseguem parar e reconhecem que precisam de ajuda para mudar isso.” Fonte: BBC BRASIL

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP


Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.