editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Segurança

Publicado em 11 de outubro de 2019 às 06:21h

‘Colocar 14 milhões de pessoas em risco é inaceitável’, diz secretário de Segurança

Maurício Barbosa afirmou que a pasta adota providências judicias contra "ações terroristas", segundo ele, incitadas pelo deputado Soldado Prisco
por Redação

Foto: Milena Teixeira/bahia.ba

Foto: Milena Teixeira/bahia.ba

O secretário da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Maurício Barbosa, afirmou na tarde desta quinta-feira (10) que a pasta está adotando providências judiciais contra ações criminosas, segundo ele, “incitadas” pelo deputado estadual Soldado Prisco (PSC), articulador de um suposto movimento grevista à frente da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra).

Segundo Barbosa, já há indícios de que uma série de ataques promovidos na capital tem ligação com militares alinhados ao parlamentar.

Em entrevista ao programa Bahia Meio Dia (TV Bahia), o titular da SSP afirmou que se tratam “notoriamente de ações terroristas”.

“Ele [Prisco] não se comporta como deputado estadual. Ele tem o poder de propor políticas e discutir isso na Assembleia Legislativa, isso é o Estado Democrático. Nós estamos subvertendo a ordem política, democrática, querendo impor ao Estado a sua vontade e o seu ponto de vista, sob ameaça de paralisação da atividade policial, colocando uma população de 14 milhões de pessoas em risco”, disse Barbosa, que reuniu-se pela manhã com a cúpula do órgão para discutir a questão.

“Querer colocar a população em risco e levar o terror através da dita paralisação, isso é inaceitável”, acrescentou.

Entre a noite de terça (8) até esta quinta, o órgão contabilizou arrombamentos de estabelecimentos comerciais, ataque a tiros que tiveram como alvo uma agência bancária e uma viatura da PM, além do flagrante de um militar de folga em comportamento suspeito próximo ao Shopping Paralela.

De acordo com o secretário, a Polícia Civil está trabalhando para identificar os responsáveis pelos delitos. Fonte: bahia.ba

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK
Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK

Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.