editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Curtas & Picantes

por Dilvan Coelho
Publicado em 17/08/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (95)

Debate na Bahia

O debate que aconteceu na Bahia entre os candidatos ao governo do estado foi marcado pelos ataques a Rui Costa, principalmente nos setores de segurança pública e educação. Rui Costa preferiu não responder diretamente e apenas citou os projetos realizados pelo seu governo para defender sua candidatura. No final do debate o governador condenou os ataques, e também apontou dados negativos da prefeitura de Feira de Santana para atingir José Ronaldo. O ex-prefeito de Salvador, João Henrique, focou em tentar limpar sua imagem de que fez uma gestão ruim como prefeito. Além disso, fez questão de mostrar que Jair Bolsonaro é seu aliado. Os outros 3 candidatos levantaram os problemas da gestão estadual.

 

Sentimento de mudança

Diante da situação que o País está atravessando, o sentimento de mudança do povo brasileiro é muito forte. O palácio do planalto foi ocupado pelo PT e aliados durante 16 anos, inclusive o atual presidente que foi vice de Dilma nas duas eleições dela. Na Bahia o PT está no terceiro mandato e com chance de ir para o quarto, devido a boa avaliação do governo de Rui Costa. Entretanto a campanha de Bolsonaro e também a de Zé Ronaldo na Bahia estão usando como tema principal a mudança. A continuidade sempre é questionada, e na maioria das vezes a mudança desperta um sentimento muito forte que representa novidade, expectativas e desejos. Que está associado ao progresso, ao avanço e a esperanças renovadas.

 

Internet será decisiva

As próximas eleições podem ficar para história e registrar o fim da era da televisão aberta como o principal meio de informação dos brasileiros para acompanhar a disputa de votos por cargos públicos. Especialistas ouvidos pela Agência Brasil têm como hipótese a possibilidade de a internet ter mais peso do que nunca na decisão, e mudar em definitivo, a maneira de se fazer campanha eleitoral no país. Pesquisadores de comunicação e consultores eleitorais assinalam que os 147,3 milhões de eleitores brasileiros escolherão seus representantes sob influência inédita de conteúdos compartilhados nas redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas, em especial no Facebook e no WhatsApp.

 

Número de acessos

O Facebook chegou a 127 milhões de usuários neste ano no Brasil e o WhatsApp tinha cerca de 120 milhões de pessoas ligadas no ano passado (20 milhões a mais do que em 2016). Facebook e WhatsApp não informaram o crescimento de usuários que tiveram entre a eleição de 2014 e até o momento. Segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal (SinditeleBrasil), nos últimos quatro anos, o número de usuários de aparelhos celulares 3G e 4G (que permitem acesso a redes sociais) passou de 143 milhões para 188 milhões – diferença de 45 milhões, superior à população da Argentina. Portanto os candidatos que tem menor tempo na TV podem compensar com a Internet.

 

Eleições em Teixeira

Pelo fato de Teixeira ser o polo regional do Extremo Sul é quem dá o tom das campanhas eleitorais. Com a saída de cena do ex-prefeito João Bosco por decisão de não se candidatar, as lideranças petistas estão dispersas e devem apoiar candidatos diferentes, pulverizando os votos que seriam direcionados a João Bosco. Como o prefeito Temóteo Brito está demorando entrar no jogo da disputa, protelando a sua tomada de posição, e também o grupo de Uldurico Pinto ter demorado de tomar a decisão de apoiar José Ronaldo, tudo isso está deixando a política de Teixeira pouco aquecida. O que se notou depois do dia 15 de agosto, foi um aquecimento das propagandas eleitorais nas redes sociais, porém os candidatos ainda estão encolhidos.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 09/08/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (94)

Meios de informações

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre o perfil do eleitorado nas eleições de 2018 indica que os 71% brasileiros pretendem se informar por fontes tradicionais de notícias (televisão, rádios, jornais e revistas impressas). Quando considerados sites de veículos tradicionais, esse número sobe para 84%. Redes sociais e blogs são utilizados como fonte de informação sobre os candidatos por 26% dos eleitores, mas apenas 5% utilizam as redes como fontes exclusivas. Baseado nestas informações se conclui que os que tiverem maior tempo no programa eleitoral gratuito, passam a ter mais chance de vencer as eleições para os cargos executivos em 2018.

 

Quem tem maior tempo

Segundo dados divulgados pelo TSE, quem tem maior tempo é Geraldo Alckmin com 5,5 min, seguido do candidato do PT, que deverá ser Haddad com 2,2 min, em terceiro lugar Henrique Meirelles com 1,5 min, os demais candidatos todos têm menos de 30 segundos. Se o tempo no programa eleitoral vai ser decisivo na informação dos eleitores, sendo assim, os dois mais prováveis para ir para o segundo turno é Alckmin e Haddad. Porém Bolsonaro pode surpreender e até mesmo ganhar a eleição no primeiro turno. Se a onda tomar conta do País, poderá se tornar no fenômeno que foi Fernando Collor de Melo em 1990. O povo brasileiro está desiludido, por isso tudo é possível acontecer.

 

Eleição na Bahia

Sem dúvida que as pesquisas mostram que Rui Costa é o favorito, para vencer as eleições na Bahia. Porém na política nada é definitivo tudo pode mudar de uma hora pra outra. Alguns analistas políticos já admitem a hipótese de dar segundo turno na Bahia, devido ao provável crescimento de João Henrique com o apoio do PSL o partido de Bolsonaro. Se João Henrique atingir o patamar de 12% e os outros candidatos atingirem 10% e José Ronaldo chegar a 33%, juntos somam 55%, já consolida o segundo turno. Caso isso venha acontecer Rui Costa corre o risco de perder a eleição. Um fato é de se levar em consideração, o voto anti-petista poderá derrotar o PT e aliados, como aconteceu nas últimas eleições de prefeito nas capitais do Brasil.

 

Candidatos de fora

O fato do ex-prefeito João Bosco, que teve as contas rejeitadas, definitivamente não será mais candidato a deputado, os votos petistas serão fracionados e as lideranças do PT apoiarão candidatos de fora. O prefeito Temóteo Brito oficialmente ainda não declarou em quem votar para deputado. Enquanto isso, os candidatos de fora estão entrando em Teixeira de Freitas com mais intensidade. Recentemente o prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, que antes respeitava o espaço de Teixeira e só vinha até Itamaraju, agora está entrando em Teixeira com a filha, a advogada Larissa Oliveira, pré-candidata a deputada estadual. Outro nome de fora que está se fortalecendo é Paulo Câmara, pré-candidato a deputado estadual. Mesmo assim, os candidatos da terra terão a maioria dos votos.

 

Candidaturas em Teixeira

Na eleição de 2014, em Teixeira de Freitas teve 8 candidatos com mais de mil votos, sendo que 6 foram de Teixeira, um da região que foi Robinho e outro de fora, o Pastor Sargento Isidorio. Dos 8 apenas 2 foram eleitos. Por isso Robinho passou ser o representante de Teixeira junto ao governo e indicou os cargos, como o Ciretran, Dires e Adab. Com o trabalho desses órgãos, principalmente no Ciretran, Robinho aumentou a possibilidade de ter mais votos em Teixeira e com o provável apoio do prefeito Temóteo Brito, certamente terá uma votação mais expressiva. Para deputado federal, Ronaldo Carletto que foi o 6º mais votado com 2.200 votos poderá ficar entre os 3 mais votados, com o apoio de Temóteo.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 03/08/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (93)

Pessimismo dos brasileiros

Pesquisa do Ibope mostra que 45% dos brasileiros estão pessimistas com as eleições para presidente. Isso é basicamente devido ao desinteresse dos brasileiros pelas eleições desse ano, que chega hoje a 61%. A triste realidade é que nunca se chegou as vésperas de uma eleição presidencial com tantas incertezas. Lula que é o favorito não será candidato e não tem a quem transferir seus votos. Ciro Gomes poderia ser o herdeiro desses votos, mas foi isolado pelo PT devido a seu destempero verbal. A Marina Silva não sai do seu casulo. Existe possibilidade de o segundo turno ser entre Bolsonaro e Alckmin. Se isso vier acontecer para onde vai o eleitorado da esquerda?

 

Contas rejeitadas

A maioria esmagadora dos vereadores rejeitaram as contas do ex-prefeito João Bosco, seguindo o parecer do TCM – Tribunal de Contas dos Municípios. Dos 18 vereadores presentes na Secção da Câmara 15 votaram sim e 03 do PT se abstiveram de votar. Com esse resultado João Bosco fica inelegível por 08 anos. Porém devido a sua reação, tudo indica que vai recorrer e ser candidato a deputado através de Liminar. O ex-prefeito utilizou as redes sociais nesta quinta-feira, (02), para externar sua indignação com a reprovação das contas de seu mandato referente ao ano de 2015, realizado pela Câmara de Vereadores na manhã de quarta-feira, (01).

 

Desistência de João Bosco

Segundo diversos comentários de correligionários, o ex-prefeito teria desistido de ser candidato a deputado, mesmo antes da reprovação das contas. Alguns analistas admitem que essa poderia ser uma manobra dele para que os vereadores não reprovassem suas contas, o fato dele ter conversado com a grande maioria dos vereadores deu margem a que ele esperasse que as contas fossem aprovadas. Acontece que todos os vereadores que hoje pertence a base aliada do governo Temóteo Brito votaram pela rejeição, inclusive o vereador Jonathan Mollar que tem uma postura independente, seguiu a orientação do TCM. Resta saber que se João Bosco não for candidato quem será beneficiado com isso?

 

Candidaturas de fora

Com tantas indefinições com relação as candidaturas da terra, nessa eleição os candidatos de fora estão avançando e ocupando o espaço vazio. Na política quando o espaço fica vazio alguém ocupa. O maior exemplo disso tem sido o vereador por Salvador Paulo Câmara que é candidato a deputado estadual, ele conseguiu alocar um volume significativo de recursos para Teixeira de Freitas que deve chegar a 20 milhões de verbas federais. Paulo Câmara terá o apoio do presidente da Câmara de Vereadores Aguinaldo da Saúde e do líder do governo de Temóteo Brito, Ronaldo Baitacão. Os recursos são destinados a várias áreas do governo, como as Secretarias de Agricultura, de Educação, Saúde e Bem Estar Social.

 

Candidatos do prefeito

O prefeito Temóteo Brito até agora não se pronunciou oficialmente quais serão os seus candidatos a deputado. Ao ver de alguns membros do governo, essa tem sido uma estratégia correta para evitar gastos com as campanhas num momento em que os municípios, na sua grande maioria, estão vivendo um grande sufoco financeiro. O que se especula é que o prefeito deverá apoiar candidatos que tenha ligação com a região a exemplo de Ronaldo Carletto e Robinho que sempre marcam presença em Teixeira de Freitas e tem uma forte ligação com o prefeito Temóteo Brito. Outro nome que tem uma ligação histórica com Teixeira é Paulo Magalhães, cujo pai Ângelo Magalhães, já foi votado várias vezes em Teixeira de Freitas, sempre apoiado por Temóteo Brito.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 28/07/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (92)

Caravana pela Bahia

A Caravana de Rui Costa está percorrendo a Bahia, dando prioridade aos 27 territórios de identidade do estado. Ele quer formalizar o Programa de Governo Participativo ouvindo as demandas do povo em cada região. Segundo Rui Costa: “o governador não substitui o povo, ele representa o povo, por isso, tem que respeitar a vontade popular”. O portal G1 publicou que o governador da Bahia foi quem mais cumpriu as propostas de campanha registradas em cartório. O maior erro de um governante é não cumprir promessas de campanha, portanto, Rui Costa tem credibilidade perante o eleitorado baiano de fazer o seu Plano de Governo e registrar em Cartório.

 

A caravana em Teixeira

O governador Rui Costa conseguiu o inusitado: Ele reuniu nesta sexta-feira (27), no Cenárium Eventos, em Teixeira de Freitas, líderes políticos de posturas divergentes e adversários contumazes. Ser avaliado como o governador que mais cumpriu promessa de campanha pode ter contribuído para a hegemonia do político na Bahia. Neste município, Rui Costa conta com o apoio do prefeito Temóteo Alves de Brito, que foi ovacionado em sua chegada. A militância do PT em Teixeira de Feitas, liderada pelo ex-prefeito João Bosco Bittencourt, se fez presente  e  também atuou de forma efusiva e equilibrada. Portanto, houve uma convivência pacífica entre os dois principais grupos antagônicos; o que não é fácil.

 

Semana da Agricultura

Encerrou com “chave de ouro” a Semana da Agricultura Familiar com uma feira na praça da Bíblia, em Teixeira de Freitas. Durante a semana, vários eventos aconteceram, inclusive, um fórum de debates na Câmara de Vereadores com várias palestras sobre desenvolvimento sustentável, conforme noticiado na imprensa. E na feira foram expostos produtos vindos diretamente das comunidades produtoras para o consumidor, houve um bom acolhimento das donas de casa, que aproveitaram a oportunidade para comprar produtos naturais, quase 100% livres de agrotóxicos. A organização da feira, com barracas padronizadas, impressionou os visitantes e foi um atrativo para a venda de praticamente todos os itens expostos.

 

Sucesso das parcerias

As 193 barracas padronizadas foram executadas com verba federal com a contrapartida da prefeitura de Teixeira de Freitas. Além das barracas, outras verbas para compra de patrulha mecânica, ambulâncias para a zona rural, equipamentos hospitalares, farinheiras, poços artesianos, somam hoje cerca de 20 milhões de reais, conseguidos através da parceria com o então secretário executivo da presidência da República, Paulo Câmara, que hoje é pré-candidato a deputado estadual e tem marcado presença constante em Teixeira, observando as suas demandas. Paulo Câmara, sem ter sido votado em Teixeira, conseguiu tantos benefícios, e, assim, ficou com crédito para receber o voto do cidadão teixeirense.

 

Candidatos a deputado

Em Teixeira existe uma grande expectativa ainda da definição do prefeito Temóteo Brito em saber quais os candidatos que ele irá apoiar para deputado. Sem dúvida que o apoio de Temóteo influenciará também na decisão do prefeito Léo Brito, de Alcobaça. Por enquanto, Temóteo não se pronunciou, é provável que só venha a definir depois do julgamento das contas de João Bosco, que será no dia 1º de agosto, na primeira sessão da Câmara, após o recesso parlamentar. João Bosco pretende ser candidato a deputado estadual, porém, se as contas forem rejeitadas, ficará inelegível por oito anos. Ele vai precisar de 13 votos para aprovar suas contas. Não vai ser fácil não!

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 22/07/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (91)

Centrão apoia Alckmin

Com o apoio dos partidos do centro, o chamado centrão, Alckmin espera ir para o segundo turno com o candidato de esquerda que tiver o apoio de Lula, isso devido à capacidade de transferência de votos do ex-presidente Lula, que hoje lidera nas pesquisas com mais de 35% dos votos dos brasileiros. Ciro Gomes espera ter o apoio de Lula, mas isso dificilmente acontecerá. O centrão, além de levar toda a estrutura partidária, elevará o tempo de TV para 4,5 minutos, o que é muito importante na disputa eleitoral. Tudo leva a crer que a disputa mais uma vez ficará polarizada entre o PSDB e o PT. Nas últimas eleições presidenciais o candidato que o centrão apoiou venceu a eleição.

 

Disputa na Bahia

Com o fortalecimento da candidatura de Geraldo Alckmin apoiado pelo DEM e demais partidos, tudo indica que irá fortalecer a candidatura de Zé Ronaldo aqui na Bahia com o apoio de ACM Neto, que ganhou estatura como presidente nacional do DEM. Com a eventual vitória de Alckmin, ACM Neto será figura de destaque no cenário nacional, podendo vir a ocupar um ministério estratégico no futuro governo de Alckmin, e pode até mesmo ser o ministro das cidades, o que será muito bom para a Bahia. Competência é o que não falta para Neto, que mostrou isso durante a sua excelente administração, uma das mais bem avaliadas no Brasil.

 

Candidaturas de Teixeira

As pesquisas recentes mostram que o eleitor de Teixeira não quer votar nos candidatos de fora. Na eleição de 2014, isso ficou comprovado, dos sete candidatos a deputado estadual que tiveram acima de mil votos, apenas Robinho, que teve 1.050 votos não era de Teixeira, mas é da região. O prefeito Temóteo Brito afirmou que só iria falar de candidatura depois da copa, sua decisão está sendo aguardada com expectativa. Pode ser que devido ao peso da máquina, o prefeito consiga dar uma votação expressiva aos candidatos de fora, se ele vier apresentar. Porém, não vai ser uma tarefa das mais fáceis, porque o voto regionalizado cada vez tem ganhado mais força.

 

Anúncio de asfaltamento

O prefeito de Alcobaça, Leo Brito, anunciou um arrojado plano de asfaltamento de várias ruas na sede do Município. No momento que as prefeituras estão vivendo uma grave crise econômica, não conseguem fazer obras com recursos próprios. Para conseguir tirar o pé da jaca tem que buscar recursos no âmbito federal, mesmo porque o estado também não dispõe de recursos para apoiar os municípios com infraestrutura. A maior prova disso é que as estradas estaduais aqui da região e também no Sudoeste estão em péssimas condições. Segundo um prefeito do Sudoeste, o governador Rui Costa deverá perder a eleição na região por causa das estradas.

 

Agricultura familiar

O secretário de Agricultura de Teixeira de Freitas, Dori Neves, vem conseguindo dar destaque a Agricultura Familiar no município de Teixeira de Freitas, sobretudo devido à parceria que tem sido feita com o Território de Identidade do Extremo Sul, comandado por Charles Castro, que atua nos 13 municípios do Baixo Extremo Sul. Começou neste domingo, 22/07, a Semana da Agricultura Familiar com vários tipos de eventos, e encerrará no dia 27/07, com uma feira da agricultura familiar com itens de produtores do município de Teixeira de Freitas. Sem dúvida que a Agricultura Familiar é uma forma de fixar o homem no campo e grande geradora de renda, contribuindo para evitar os bolsões de miséria nas cidades.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 14/07/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (90)

O Senadinho em Foco

A partir de sexta-feira, 20/07, a EXTREMUS21 TV estará apresentando um novo programa de debates, com Chico Vasconcelos e Dilvan Coelho, às 18h, todos os dias. No programa, serão debatidos todos os temas, desde política, economia e marketing político, uma vez que os dois debatedores têm inúmeras experiências em campanhas eleitorais. A TV WEB EXTREMUS21 já está no ar com uma grade variada de programas, que pode ser acessada através do Facebook, Instagram e Youtube. O Senadinho não tem lado na política, não será a favor e nem contra ninguém, os fatos serão debatidos sempre com equilíbrio, buscando a imparcialidade. Chico Vasconcelos dirige o Portal Extremus21 e Dilvan Coelho o site Foco no Poder.

 

Voto regionalizado

Em Teixeira de Freitas já existe uma tendência do eleitor votar nos candidatos da terra. Na eleição de 2014 para deputado estadual, dos sete candidatos que obtiveram acima de mil votos, os seis primeiros são de Teixeira de Freitas. Foram eles: Temóteo Brito, Marta Helena, Lucas Bocão, Erlita Freitas, Ednaldo Resende e Gilberto do Sindicato. As pesquisas mais recentes mostram que 65% dos eleitores votam nos candidatos da terra, 4% nos candidatos de fora e 31% ainda não decidiram. Para estadual, três nomes aparecem com melhor pontuação: Lucas Bocão, João Bosco e Marta Helena. E para federal: Uldurico Junior, Caio Checon e Pastor Eunápio. Sendo que Lucas Bocão deverá ter uma votação muito acima da que obteve em 2014.

 

Candidatos a governador

Na pesquisa realizada no mês de junho em Teixeira de Freitas, Rui Costa teve aprovação de 39% da população, enquanto 50% não aprovavam. Por coincidência ou não esses números são os mesmos do resultado da eleição de governador em Teixeira quando Paulo Souto teve 50% e Rui Costa 41%. A pesquisa de junho mostra que Rui Costa é o favorito em Teixeira de Freitas hoje, porém, quando estimula a pergunta, Rui Costa cresce 100%, enquanto Zé Ronaldo cresce 200%. Dentro desse contexto a tendência é Zé Ronaldo chegar na mesma pontuação que Paulo Souto obteve na eleição de 2014 e ganhar em Teixeira de Freitas, mesmo com as obras que Rui Costa deve fazer na cidade. Toda obra em véspera de eleição é considerada eleitoreira e rende poucos votos.

 

Disputa presidencial

A tentativa de soltar Lula não deu certo, com isso, a ideia de que ele poderá ser candidato a presidente arrefeceu. A turma do PT já está buscando alternativas mais a esquerda para enfrentar Bolsonaro, que, sem Lula candidato, passa a ser o favorito. De acordo com as pesquisas, os dois nomes que podem decolar é Marina Silva ou mesmo Ciro Gomes. O nome de centro, que seria Geraldo Alkiman, não consegue decolar e nem unificar o próprio partido (PSDB). Marina Silva, mesmo sendo a segunda colocada, não passa confiança para o eleitor que não votou nela na última eleição presidencial. Dentro da atual conjuntura, pode ser que Bolsonaro tenha Ciro Gomes como principal adversário.

 

Comunicar é preciso

Com a crise que o País está atravessando, atingindo os municípios em cheio, a grande maioria dos prefeitos estão mal avaliados. A melhor forma de contornar a situação perante o eleitor é ter transparência nas contas públicas, através de uma comunicação eficiente, mostrando a realidade dos fatos. Existem dois tipos de investimentos que os prefeitos acham que são despesas e é a primeira coisa que eles cortam. A primeira é informação para saber o que o povo deseja, espera e prioriza. A segunda é a comunicação que chegue ao povo. Com a avaliação baixa eles procuram compensar realizando obras com recursos próprios, com isso, agrava mais ainda as finanças do município e começam atrasar salários e fornecedores e caem numa armadilha sem volta.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 07/07/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (89)

O Brasil perdeu

Agora que o Brasil perdeu a Copa do Mundo, está na hora de trabalhar e pensar na escolha dos nossos futuros governantes. Ninguém deve ficar explicando derrota. Um fato é certo, perde quem erra mais, e o Brasil errou feio, isso porque a nossa defesa, que vinha atuando de forma brilhante, falhou, e ela mesma fez o gol contra, o que desestabilizou o time e, por isso, perdeu a autoconfiança e, em seguida, sofreu mais um gol por falha da defesa novamente. Toda disputa na realidade é uma verdadeira guerra e, por isso, se ferirmos qualquer princípio da “Arte da Guerra” perdemos a batalha. Existe um princípio que diz: “a invencibilidade reside na defesa; a possibilidade de vitória, no ataque”. A sua invencibilidade depende de você mesmo, a vulnerabilidade do adversário depende dele. Alguém pode saber como vencer, mas, não necessariamente, vencer.

 

Inauguração da Ciretran

Segundo a coordenadora Tatiane Ruas, é a concretização de um sonho que há 8 anos ela luta para mudar. Se refere à sede do Detran, que estava em uma instalação completamente inadequada e que, agora, com a ajuda dos deputados Ronaldo Carletto e Robinho, e também do prefeito Temóteo Brito, conseguiu concretizar o sonho. A coordenadora se sente muito feliz em fazer parte dessa história e tem o sentimento de missão cumprida, mas diz que ainda tem muitas coisas para fazer. Na última quinta-feira, 5 de julho, Tati recepcionou lideranças políticas, autoridades, imprensa e todos que foram na inauguração do novo espaço, localizado no Loteamento Nanuque. Como o Detran de Teixeira atende a toda região, vai facilitar o acesso dos demais municípios com mais facilidades nos serviços ofertados.

 

Encontro político

Na quinta-feira também foi realizado em Teixeira de Freitas um encontro político do pré-candidato ao governo da Bahia José Ronaldo e comitiva, em que várias lideranças compareceram, com destaque para o prefeito de Salvador, ACM Neto, o ex-governador Paulo Souto, o deputado Jutahy Magalhães, que fará parte da chapa majoritária como candidato ao Senado, e também outros deputados. Várias lideranças políticas dos diversos municípios do Extremo Sul da Bahia marcaram presença. Apesar de Zé Ronaldo ser ainda pouco conhecido, mas foi prefeito por quatro vezes seguidas da maior cidade do interior da Bahia e transformou o município, além disso, o apoio incondicional de ACM Neto e de Paulo Souto ajuda alavancar a candidatura, uma vez que os dois representam o legado carlista.

 

Tendência em Teixeira

Há muito tempo que nenhum governador que está no cargo ganha a eleição em Teixeira de Freitas. Por isso, a tendência é Rui Costa perder a eleição aqui, como aconteceu na eleição passada, em que ganhou Paulo Souto, que disputou com o candidato do governador Jaques Wagner, Rui Costa. Esta é uma conta fácil de constatar. Existe um grande número de eleitores de Teixeira, que não votam no PT, esse número hoje chega a 35%. Além dos eleitores antipetistas, existem os eleitores que votaram para prefeito na eleição de 2016 em Caio Checon e Marta Helena, que somam 25%, esses eleitores votarão em Zé Ronaldo. Segundo o deputado Jutahy Magalhães, se Zé Ronaldo conseguir 35% dos votos na Bahia, conseguirá levar a eleição para o segundo turno, e se isso acontecer, terá grande chance de vencer as eleições.

 

Definição das candidaturas

Agora que passou a copa do mundo, as atenções estarão concentradas nas próximas eleições de governador e presidente da república. Nunca se enfrentou uma eleição com tantas incertezas, haja visto que o favorito está atrás das grades. Se Lula efetivamente puder ser candidato, é uma situação, e se não puder, será outra completamente diferente. Nesse caso, tudo indica que a candidatura de Ciro Gomes poderá alavancar e vir a disputar com Bolsonaro, uma vez que a candidatura de Geraldo Alkmin está patinando e não consegue apoio dentro do próprio partido e dos partidos de centro. Se Ciro Gomes conseguir costurar estas alianças, tem tudo para ganhar a eleição no primeiro turno. Tudo isso são meras especulações, pois tem muita água ainda para rolar por debaixo da ponte. Vamos aguardar os próximos lances.

 

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 01/07/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (88)

O São João de Teixeira

O São João do Amor teve a duração de 9 dias e o saldo foi positivo para a cidade e região. Durante os 9 dias a população pôde se divertir de graça. Os 3 shows mais concorridos foram os do Padre Alessandro Campos (dia 23), Solange Almeida (dia 28) e Amado Batista (dia 29). Segundo a opinião de alguns, a festa deveria durar apenas 4 dias: quinta, sexta, sábado e domingo, pelo fato de sexta (dia 29) ser feriado em Teixeira e segunda, 2 de julho, ser feriado na Bahia. Diante da crise que atravessamos, mesmo assim a festa aqueceu a economia da cidade, nos finais de semana, os hotéis e restaurantes tiveram grande movimento, o comércio também se beneficiou. O São João do Amor deverá entrar no calendário de eventos da cidade.

 

Pesquisa do Ibope

A pesquisa realizada pelo Instituto Ibope mostrou que Lula, mesmo na prisão, continua liderando as pesquisas para presidente da república. Corre o risco de Lula poder registrar a candidatura e ser eleito presidente mesmo atrás das grades. Se isso acontecer e a justiça não permitir que ele assuma o mandato, poderá acontecer uma convulsão social no País. Se Lula não puder ser candidato, o nome mais provável para ganhar a eleição é Bolsonaro, porém, se isso acontecer, o número de abstenções e de votos brancos e nulos deverá superar o número de votos válidos, como aconteceu recentemente em Tocantins. O eleitor brasileiro está completamente desmotivado a participar do processo eleitoral devido ao descrédito na classe política.

 

Divulgação das pesquisas

Toda vez que se aproxima o período eleitoral os grandes institutos divulgam as pesquisas registradas para despertar o interesse dos leitores. Aqui em Teixeira nenhum órgão de imprensa tem feito essa prática por falta de recursos ou de patrocinadores. Mesmo assim, diversas pessoas fazem pesquisas sem registrar e divulgam no boca a boca e outros fazem para apostar. As pesquisas extraoficiais mostram que o eleitor de Teixeira prefere votar nos candidatos da terra. Na eleição passada teve 6 candidatos de Teixeira para deputado estadual, nesta eleição os nomes mais cogitados para estadual são: Lucas Bocão, Marta Helena, João Bosco, Cabo Alencar e Dr. Jean Prates, e para Federal, Uldurico Junior, Caio Checon e Pr. Eunápio.

 

A violência ganha força

Teixeira de Freitas não está mais no mapa das 10 cidades mais violentas do Brasil, aqui no Extremo Sul aparece Eunápolis e Porto Seguro, porém, nos últimos dias o número de jovens assassinados cresceu de forma assustadora. A morte de Gabriel Vieira Aguiar na noite de quinta-feira (dia 28) está deixando perplexa a população de Teixeira de Freitas. O auxiliar administrativo da empresa Frisa, segundo informações colhidas junto aos amigos e conhecidos, era reconhecido como uma pessoa alegre, humilde e trabalhadora. Para quem conhecia o jovem, é difícil imaginar que ele estivesse envolvido com algo ilícito e, por isso, esse desfecho para sua trajetória de vida se torna injustificável. Gabriel completaria 21 anos no dia 22 de agosto.

 

Cultivo do café conilon

O café conilon se consolida, cada vez mais, como uma excelente opção para as regiões que sofrem com o desemprego cuja origem está ligado ao êxodo rural, segundo especialistas, inclusive o técnico da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), que esteve em Teixeira de Freitas para uma reunião com cafeicultores, com o objetivo de obter informações a respeito da produção de café para esta safra. De acordo ao levantamento, a previsão para a safra desse ano na Bahia deverá ser 2,7 milhões de sacas de café e poderá até mesmo surpreender e chegar a 3 milhões. A Bahia hoje é o segundo produtor de conilon e perde apenas para o estado do Espírito Santo, que vem diminuindo sua produção devido a problemas climáticos.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 23/06/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (87)

São João do Amor

O prefeito Temóteo Brito é considerado um tocador de obras e bom de festa, e está promovendo o maior São João da Bahia. No ano passado foi conhecer o São João de Caruaru, em Pernambuco, para copiar o modelo. O prefeito deseja fazer do São João de Teixeira uma festa tradicional, emendando com o São Pedro, que é o Padroeiro de Teixeira de Freitas, por isso que a festa terá a duração de 9 dias, começou no dia 22/06 e vai até 30/06, com as seguintes atrações: banda Cavaleiros do Forró (dia 22), Pe. Alessandro Campos (dia 23), Trio Forrozão (dia 24), Doro Brasamundo (dia 25), Daniel Vieira (dia 26), Arriba Saia (dia 27), Solange Almeida (dia 28), Amado Batista (dia 29), Edu & Maraial e Casaca de Couro (dia 30). Na visão do prefeito o turismo de eventos fortalece a economia da cidade.

 

A festa será terceirizada

Uma parcela da população não é favorável a festas porque acha que o dinheiro investido deveria ser destinado a outros setores da administração, como a saúde e educação. Entretanto, o prefeito, numa entrevista coletiva com a imprensa, declarou que uma quantia significante dos recursos é resultante da ajuda do Governo através da Bahiatursa e parte da ajuda é da classe empresarial. A intenção do prefeito nos próximos anos é terceirizar a festa, como já acontece em Salvador e outras cidades, a exemplo de Ibicuí, onde o município não faz nenhum investimento. A cidade de Ibicuí hoje vive em função do São João, em que os moradores alugam suas casas no período da festa e durante o ano trabalham no fabrico de camisas e lembranças pra vender nos festejos.

 

A saúde no Brasil

O Brasil ultrapassa os 200 milhões de habitantes, com mais de 150 milhões dependendo exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente, ter assistência médica privada é o segundo “objeto de desejo” do brasileiro, perdendo somente para a casa própria. O SUS projetado, concebido e desejado é bastante diferente daquele com que nos deparamos no cotidiano, fragilizando prefeituras que se deparam equilibrando finanças em uma conta que não fecha para atender uma demanda crescente. O resultado está nos noticiários em nível nacional mostrando o estado de sucateamento da saúde em todo o Brasil e o drama de cidadãos fragilizados. Em Teixeira de Freitas, que atende toda região e só ela paga a conta, é uma situação perversa. É preciso que o Governo do Estado agilize a colocação do Hospital Municipal no consórcio para ratear as despesas.

 

Aquecimento das Campanhas

Depois dos festejos juninos e da Copa do Mundo, as campanhas eleitorais serão aquecidas, mesmo com a indiferença dos eleitores nesta próxima eleição. Nunca teve, depois da redemocratização, uma campanha eleitoral com tantas incertezas como esta. Em pesquisas recentes aqui na região o número de eleitores que não definiu ainda em quem votar para deputado estadual chega a 82%, como é o caso de Alcobaça. Em Teixeira de Freitas a grande maioria dos eleitores quer votar nos candidatos da terra. Na eleição passada, dos sete candidatos que tiveram acima de mil votos, seis eram de Teixeira. Foram eles, na seguinte ordem: Temóteo Brito, Marta Helena, Lucas Bocão, Erlita Freitas, Edinaldo Rezende e Gilberto do Sindicato, o sétimo mais votado foi o atual deputado Robinho, que teve 1.050 votos, que pretende pelo menos dobrar na próxima eleição.

 

Guerra entre Brito X Pinto

Durante o mandato de João Bosco, quando houve o rompimento do grupo dos Pinto com o prefeito, na medida que as rádios desgastavam João Bosco, quem mais cresceu nas pesquisas foi Marta Helena, que chegou a ter 40% como pré-candidata a prefeita. A história está se repetindo, na medida em que as rádios Pintistas procuram desgastar o prefeito, quem pode estar crescendo são os candidatos que não apoiam nenhum dos dois grupos políticos, no caso, Caio Checon e Marta Helena. Se os dois saírem fortalecidos na próxima eleição de deputado serão fortes candidatos a prefeito, e se os dois se unirem ficam praticamente imbatíveis. Principalmente se tiver mais 3 candidatos dos outros grupos políticos: Temóteo, João Bosco e Uldurico Pinto. Uma vez que dificilmente estes 3 voltam a se unir na política.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP




Publicado em 16/06/2018 ás 21:37h

CURTAS E PICANTES (86)

Cidades mais violentas

Das 10 cidades mais violentas do Brasil, 5 são da Bahia. Por ordem são as seguintes: Eunápolis, Simões Filho, Porto Seguro, Lauro de Freitas e Camaçari. Todas com índices acima de 90 mortes violentas por cada 100 mil habitantes. Sendo que a segunda mais violenta do Brasil é Eunápolis, e chega a 124,3, só é superada por Queimados (RJ), que atinge 134,9. Para a diretora executiva do Fórum Brasileiro da Segurança Pública, Samira Bueno, “a edição do Atlas com dados municipais tenta jogar luz a um componente da violência letal que diz respeito às condições socioeconômicas das pessoas mais atingidas pela violência”. Os municípios com melhores níveis de desenvolvimento concentram menores índices de homicídio. Teixeira de Freitas hoje não está entre as 10 mais violentas do Brasil.

 

Café Conilon

Mais de 2 milhões de sacas de café conilon devem sair das fazendas do Sul e Extremo Sul da Bahia este ano. Não é uma super safra, mas os resultados animam os produtores rurais da região, que no ano passado produziram 1 milhão e 800 mil sacas, consolidando a Bahia como segunda maior produtora desta variedade de café no Brasil. O Espírito Santo ainda ocupa a primeira posição no ranking, com cerca de 6 milhões de sacas por ano. De acordo com Gilberto Borlini, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Itabela, “este ano está sendo um ano de recuperação, devido à seca que a gente passou. As lavouras estão bonitas, mas ainda estamos colhendo e não contabilizamos. Ano que vem promete ser um ano ainda mais promissor”. Aqui na região muitos produtores de eucalipto estão migrando para o café e a pecuária.

 

Festejos juninos

A grande maioria das cidades Baianas cancelaram os festejos juninos esse ano, devido à crise que os municípios atravessam. As prefeituras estão constantemente recorrendo a Brasília com o pires na mão, buscando recursos para manter pelo menos a folha de pagamento em dias. Em Teixeira de Freitas, o prefeito Temóteo Brito em um ato corajoso está programando fazer o maior São João da Bahia. Segundo declarou em uma coletiva com a imprensa, ele está buscando o apoio da Bahiatursa e da iniciativa privada. Enquanto isso, a cidade está dividida, segundo pesquisa recente, uma parcela da população acha que os recursos deveriam ser aplicados em outros setores, mas outra parte acha que traz benefícios para a cidade, uma vez que Teixeira tem vocação para o turismo de eventos e todos ganham com a festa. O prefeito aposta na segunda hipótese para aquecer a economia do município.

 

Candidatura de Zé Ronaldo

Com a saída de ACM Neto do páreo, Rui Costa passou a ser o franco favorito, porém existem alguns fatores que levam Zé Ronaldo a criar musculatura. O primeiro deles é o fato de grande parte do eleitorado não votar no PT, o segundo é o eleitor que tradicionalmente vota no carlismo, mesmo Neto não vem demonstrando interesse na vitória de Zé Ronaldo, porque, se ele ganhar, dificilmente vai abrir espaço para a candidatura de Neto em 2022. Aqui em Teixeira, os candidatos a deputado que irão apoiar Zé Ronaldo só têm a ganhar com o crescimento dele. Se saírem com votação expressiva cria musculatura para candidatar a prefeito em 2020. Sendo que os dois maiores beneficiários poderão ser Caio Checon e Marta Helena, a depender como irão se apresentar como candidatos, uma vez que na eleição passada saíram com bom recall.

 

Aliados de Rui Costa

Em Teixeira de Freitas as 3 maiores lideranças que apoiam Rui Costa, o prefeito Temóteo Brito, o ex-prefeito João Bosco e o ex-deputado federal Uldurico Pinto, estão em barcos diferentes, resta saber se subirão no mesmo palanque de Rui Costa num eventual comício. É provável que aconteça o que aconteceu quando Luís Eduardo Magalhães conseguiu unir as duas maiores forças políticas da região em torno de sua candidatura, os Pintos e os Britos. Com a morte de Luís Eduardo sobrou para ACM administrar esse balaio de pinto misturado com carcará. A melhor saída que ACM encontrou foi não fazer comício em Teixeira, se limitou a fazer uma carreata e somente ele falou ao encerrar o evento, em frente ao mercado Caravelas. A Lei da Física se aplica também na política: água e óleo não se misturam.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP