editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Desenvolvimento

Publicado em 12 de maio de 2018 às 19:13h

Encerramento do “Teixeira rumo a 2030” é marcado por balanço dos três dias de seminário

por Foco no Poder

 

Idealizado pelo titular da Vara da Fazenda Pública da comarca, juiz Roney Moreira e Agnaldo Teixeira o Presidente da Câmara de Vereadores de Teixeira de Freitas, na pessoa do presidente, o edil Agnaldo da Saúde, Sebrae e o bispo da Diocese Teixeira/Caravelas, dom Jailton de Oliveira Lino, o 1º Seminário de Desenvolvimento Sustentável “Teixeira rumo a 2030” começou na quarta-feira, 9 de maio, e terminou nesta sexta, 11, no Espaço D.

Durante os três dias palestrantes renomados dos estados da Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Pará discutiram temáticas variadas em torno do eixo central que foi sustentabilidade.

Em seu pronunciamento no encerramento do Seminário, dom Jailton disse que é importante discussões que tragam desenvolvimento sustentável e mais qualidade de vida para a cidade. O bispo expôs as suas impressões sobre o Seminário: “para mim, o seminário foi um momento muito grande de conhecimento da cidade e tirei impressões:

  1. Há um potencial muito grande em Teixeira e em toda região.
  2. O fato de estarmos distantes da capital faz com que o olhar da capital seja um olhar distante, e acho que cabe a nós nos aproximarmos mais da capital e fazer com que sejamos mais olhados. É preciso que nos avizinhemos da capital, porque é lá que gravitam as políticas que podem gerar desenvolvimento para a nossa cidade
  3. Pessoas mesmo não sendo de Teixeira são apaixonadas por Teixeira, e temos que nos unir a essas pessoas para pensar a nossa cidade.
  4. Não há um pensamento unívoco em torno da cidade, há uma paixão, um desejo, mas, acho que estamos gastando energias muito positivas quando poderíamos usá-las para um foco que é o desenvolvimento, qualidade de vida, vida mais em plenitude”

Finalizando sua fala, opinou: “Eu percebo uma partidarização muito grande, acho que temos que ter nossas diferenças, que é uma coisa boa, mas, acho que devemos nos unir um pouco mais. Vocês que são de partidos políticos precisam colocar o foco mais na cidade, nas pessoas e descentralizar o foco do partido”.

O juiz Roney Moreira elogiou o bispo que, a pouco tempo na cidade, demonstrou interesse em se inteirar sobre seus problemas e participar da busca por soluções, ao passo que criticou àqueles que não compareceram ao seminário. Ele lamentou a ausência de representantes dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário do Extremo Sul, segundo ele, em sua maioria, convidados.

“É triste pra nós, mas, não nos desestimula, nos dá mais força para sabermos e termos o termômetro e a noção de que essas pessoas talvez estejam pensando em plantar a couve para alimentar o amanhã, enquanto nós pensamos em semear a semente do carvalho para nos abrigarmos e abrigarmos nossos descendentes no futuro”, disse o juiz, arrancando elogios dos presentes.

Representando o prefeito Temóteo Brito, o secretário de Desenvolvimento econômico Flávio Guimarães, poetizou Teixeira:  “Teixeira de Freitas é uma cidade diferente, Teixeira de Freitas é uma cidade com muitos contrastes, Teixeira de Freitas é a esquina do extremo sul da Bahia, aqui quando você anda você encontra pessoas de todas as cidades da região”, e prosseguiu exemplificando o potencial financeiro da cidade: “A cada um real ganho em torno de Teixeira, 50 centavos vem pra cá, então nossa responsabilidade não é só com Teixeira, mas, com toda a região, porque Teixeira só é o que é economicamente por causa do potencial da região”.

Conforme Flávio, o governo municipal está aberto para discutir com a sociedade. “Prefeito Temóteo Brito está colocando todo o seu secretariado à disposição deste projeto para  discutir o que é melhor para Teixeira de Freitas nos próximos anos”.

O vereador Berg representou o presidente da Câmara no fechamento do seminário. Ele agradeceu aos palestrantes e garantiu que “tudo que tratamos vai ser transmitido aos vereadores e será transformado em projeto em nossa Casa. Temos homens bons preparados pra contribuir com o desenvolvimento de nossa cidade”.

Alex Brito, gerente regional do Sebrae, citou como um dos ganhos deste evento as informações repassadas. Para ele, “precisamos agora estruturar as ideias. Esse grupo comandado por dr. Roney e o presidente Agnaldo, já tem uma agenda para a próxima semana. Precisa sair daqui um documento norteador pra que esse grupo trabalhe pós-evento”.

 

Questionado sobre a possibilidade do que fora debatido ser posto em prática, foi direto: “Não somos românticos a pensar que tudo será implementado. Esse grupo precisa criar e inserir em diversas instituições, inclusive Sebrae, de forma que a gente faça, e isso precisa ser pensado a médio, curto e longo prazo”.

O documento pós-evento é um Plano de Desenvolvimento Regional Integrado para que Teixeira de Freitas receba a estrutura necessária para o seu efetivo desenvolvimento econômico nas próximas décadas.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP


Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.