editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Justiça

Publicado em 12 de fevereiro de 2019 às 09:11h

Mais de 95% dos magistrados defendem corregedoria para o STF

Os ministros do Supremo não são submetidos ao controle da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)
por Redação

Foto: Arquivo/ Valter Campanato/ Agência Brasil

Foto: Arquivo/ Valter Campanato/ Agência Brasil

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) deveriam ser submetidos a algum tipo de atividade correicional, como uma corregedoria interna, na opinião de mais de 95% dos magistrados ativos de primeira e segunda instância, conforme a pesquisa “Quem somos – a magistratura que queremos”, divulgada nesta segunda-feira (11) pela Associação dos Magistrados do Brasil.

Integrantes de tribunais superiores, como o STJ e o próprio STF, também apoiam a criação de uma corregedoria interna na Suprema Corte brasileira, de acordo com a Folha: entre os que responderam ao levantamento, 75% apoiam a medida.

Não é possível identificar, no entanto, quantos ministros de quais tribunais se posicionaram a respeito.

Os ministros do Supremo não são submetidos ao controle da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), responsável pelas sindicâncias nos demais tribunais do país.

 Fonte: bahia.ba
Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP

Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.