editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Desenvolvimento rural

Publicado em 12 de fevereiro de 2019 às 09:36h

Missão de Moçambique conhece experiências do Bahia Produtiva

por Redação

Com o objetivo de conhecer experiências do projeto Bahia Produtiva, desenvolvido pelo Governo da Bahia, uma delegação formada por representantes do Governo de Moçambique realiza um Missão de Intercâmbio desta segunda (11) a quinta-feira (14). O início das atividades ocorreu na sede da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, com a participação de dirigentes e técnicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), órgão do Estado que executa o Bahia Produtiva.

“O primeiro dia de trabalho com a delegação de Moçambique foi bastante proveitoso. Eles puderam conhecer a experiência do projeto Bahia Produtiva e seus resultados. A partir dessa experiência e das visitas de campo, eles pretendem tirar algumas lições para serem implementadas em Moçambique. Esse intercâmbio é de extrema importância para conhecer novas experiências de ambos os países”, destacou o coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral.

Para o diretor provincial da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural de Moçambique, Francisco Sambo, o objetivo é ter um conhecimento geral de como é implementado o Bahia Produtiva, devido a similaridade com a estrutura governamental de Moçambique, país que também tem um projeto financiado pelo Banco Mundial, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS).

“Estamos ainda em uma fase piloto do projeto, trabalhando em duas províncias, localizadas no Centro e Norte do país, consideradas as mais produtivas do país, por isso viemos conhecer como é feita a gestão do projeto nos territórios, e como é feita a assistência técnica para cada umas dessas áreas territoriais, para que em Moçambique nós possamos expandir essas experiências”, explicou Francisco Sambo.

A programação desse primeiro dia do intercâmbio incluiu a apresentação das ferramentas, execução, estratégias e instrumentos do Bahia Produtiva, serviços de assistência técnica e extensão rural (Ater), Alianças Produtivas, sistemas de monitoramento, e avaliação de instrumentos de registro. Foi realizada também uma reunião com representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), com a finalidade de debater sobre estratégias de atração de investimentos.
O intercâmbio terá ainda as visitas de campo a projetos produtivos socioambientais e voltados para cadeias produtivas como a da cajucultura e apicultura, nos municípios de Ribeira do Pombal, Banzaê e Tucano.
Bahia Produtiva
Garantir sustentabilidade e inclusão socioprodutiva a famílias de comunidades rurais baianas são algumas das finalidades do Bahia Produtiva. Nos últimos quatro anos, o projeto selecionou 874 projetos em toda a Bahia, totalizando investimentos de aproximadamente R$ 290 milhões, beneficiando diretamente mais de 28 mil famílias.
O Bahia Produtiva se diferencia de outros projetos não somente por aplicar recursos para investimentos produtivos, mas também por ofertar um serviço sistemático de Ater e apoio à gestão, ações de promoção de produtos sustentáveis e acesso a mercados, estratégia de alianças produtivas e aporte a políticas públicas complementares.
Fonte: Ascom/SDR
Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP

Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.