editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Sebrae

Publicado em 11 de abril de 2019 às 08:56h

Prêmio Nacional de Educação Empreendedora mobiliza rede de educação

por Redação

A iniciativa é destinada a professores, secretários municipais e estaduais de educação, reitores, diretores e coordenadores em todos os níveis

Após anos de atividades voltadas à difusão da cultura empreendedora junto aos diferentes espaços de ensino, o Sebrae realizará, em 2019, a 1ª edição do Prêmio Nacional de Educação Empreendedora (PNEE). As inscrições vão até o dia 26 de abril. Para participar basta estruturar as boas práticas realizadas no ambiente escolar. É por meio da educação empreendedora que o estudante pode enxergar e avaliar determinada situação, assumindo uma posição proativa. Por meio dessa capacitação, o estudante aprende a elaborar e planejar formas e estratégias de interagir com aquilo que ele passou a perceber.

O PNEE vem sendo implementado pelo Sebrae desde 2013. Nesses cinco anos, o número de capacitações realizadas pelo Programa soma mais de 4 milhões e 200 potenciais empreendedores e 165.498 professores, além de 9.077 instituições parceiras atendidas em todo país. Somente ano passado, foram 958.881 empreendedores e 45.673 professores. “O Programa de Educação Empreendedora do Sebrae representa uma ruptura de um modelo de prática educacional, motivando proatividade e determinação”, explica o gerente de Cultura Empreendedora do Sebrae, Augusto Togni.

O prêmio está organizado em quatro categorias (ensino fundamental, médio, profissional e superior) e se destina a professores, secretários municipais e estaduais de educação, reitores, diretores e coordenadores em todos os níveis. O reconhecimento acontecerá em três etapas. Na primeira, em nível estadual, após análise por banca avaliadora, serão selecionados os 20 melhores cases (cinco para cada categoria) em cada um dos 26 estados, além do Distrito Federal. Esses professores, gestores e diretores estarão automaticamente classificados para a etapa regional. Nessa fase, serão analisados os 108 projetos e indicados 60 finalistas do país, que passarão por banca avaliadora nacional, responsável por apontar os 12 ganhadores nacionais (1º, 2º e 3º lugares de cada categoria).

As melhores iniciativas estaduais e regionais serão reconhecidas com os troféus ouro, prata e bronze de cada categoria (ensino fundamental, ensino médio, ensino profissional e ensino superior). Já os melhores cases nacionais receberão, além de troféus, um convite para participar de uma missão técnica nacional (1º, 2º e 3º lugares). Por fim, para os 1º lugares em cada uma das quatro categorias, será concedida também uma oportunidade de apresentar o seu projeto em um evento de visibilidade nacional.

Inscrições

A participação é gratuita e pode ser feita eletronicamente no site Educação Empreendedora.

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK
Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK

Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.