editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Reforma

Publicado em 10 de abril de 2019 às 06:38h

Previdência foi assunto mais debatido na bancada baiana em 2 meses

por Redação

por Jade Coelho

Foto: Agência Brasil

O assunto campeão de debate pelos 513 deputados federais nos dois primeiros meses da atual legislatura foi a Reforma da Previdência. No entanto, nenhum baiano aparece entre aqueles parlamentares que mais debateram sobre o tema de grande interesse público, na Casa.

Através de um algoritmo chamado “Parla” foi possível identificar a frequência de palavras e expressões no discurso parlamentar, além de fazer uma comparação entre os temas debatidos nos primeiros 60 dias de mandato (1º de fevereiro a 31 de março) da 55ª (2015) e 56ª (2019) legislaturas da Câmara dos Deputados.

O Parla utiliza os discursos proferidos no Plenário da Câmara dos Deputados para mostrar quais foram os temas mais debatidos durante a legislatura. O mecanismo aplica metodologias para identificar a frequência das palavras e assim é possível chegar aos temas mais debatidos.

Apesar de não encabeçarem a lista dos deputados que mais trataram do tema no plenário da Câmara, os baianos seguiram a tendência nacional e o assunto mais debatido entre eles também foi a Reforma da Previdência. Os nomes que se destacaram por mais vezes terem falado sobre o assunto foram os de Valmir Assunção (PT), Nelson Pellegrino (PT) e Alice Portugal (PCdoB).

Além da Previdência, um assunto altamente tratado na Câmara, e que nesta segunda-feira (8) tomou os noticiários do país após sanção, foi o Cadastro Positivo. Mas novamente os baianos não apareceram entre os nomes apontados pelo mecanismo como os que mais trataram sobre o assunto na Casa no período de referência.

O algoritmo apontou que o Salário Mínimo também foi um assunto recorrente, seguido do Ministro da Educação e Agricultura Familiar em âmbito nacional.

Filtrando para a Bahia, as outras expressões populares entre os federais do estado foram o governador do Estado, Rui Costa (PT), que ocupou a segunda posição, e temas relacionados ao primeiro colocado: “Previdência Social” e “Idade Mínima”.

O Parla identificou que os deputados que mais citaram o nome de Rui foram Valmir Assunção, Daniel Almeida (PCdoB) e Marcelo Nilo (PSB).

FREQUÊNCIA DE DISCURSO NA LEGISLATURA ANTERIOR

Entre 1º de fevereiro e 31 de março de 2015, o assunto apontado pela ferramenta com o mais comentado nacionalmente pelos deputados federais foi o Salário Mínimo, seguido pelo Orçamento Impositivo e pelos Direitos Humanos.

Neste período os temas mais recorrentes na Casa pelos deputados federais da Bahia foram o combate à corrupção, Direitos Humanos e o governador Rui Costa.

O, na época, deputado federal Caetano (PT) e atualmente fora dos mandato para qual foi eleito após condenação por improbidade administrativa, aparece como o que mais debateu sobre o combate à corrupção. Em seguida na lista aparecem a atual prefeita de Lauro de Freitas Moema Gramacho (PT) e Davidson Magalhães (PCdoB).

Quanto ao outro assunto que segundo o Parla despertou o interesse e debate entre parlamentares da Bahia, Bebeto Galvão (PSB) foi quem mais falou a respeito de Direitos Humanos. A segunda deputada federal nesta lista é Moema Gramacho e o Roberto Britto (PP) fecha o pódio.

O Parla apontou que o repertório dos federais baianos não mudou muito desde 2015, na época, assim como no mesmo período deste ano, Rui Costa também foi citado com certa frequência, e indicado como o terceiro tema mais discutido entre os representantes do estado na Casa, citado principalmente por Valmir Assunção, Caetano e Fernando Torres (PSD).  Fonte: Bahia Notícias

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP

Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.