editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Economia

Publicado em 8 de maio de 2018 às 07:06h

Sefaz-BA tem primeiros processos com tramitação apenas em meio digital

por Foco no Poder

Os processos de isenção do IPVA e do ICMS para veículos de pessoas portadoras de deficiência e para veículos que serão utilizados para táxi agora tramitam exclusivamente em meio digital (sem a utilização de papel). São os dois primeiros processos exclusivos da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA) a integrar o Sistema Eletrônico de Informações (SEI Bahia), liderado pela Secretaria da Administração (Saeb) com o objetivo de extinguir o uso de papel no Estado.

A Sefaz-BA é o primeiro órgão do Estado a implantar no SEI processos finalísticos (aqueles que são associados à atividade fim da organização). Até o momento, somente processos sistêmicos, que passam por mais de um órgão do Estado, já tramitam no SEI – no total, são 73. Com a mudança, além dos ganhos ambientais proporcionados pela diminuição do consumo de papel, o tempo de tramitação dos processos será reduzido, já que não será mais necessário o encaminhamento de arquivos físicos entre os setores envolvidos na análise das solicitações.
“O Estado terá redução de custos com a aquisição de papel, impressão, armazenamento e transporte desses arquivos. O uso do processo eletrônico traz também mais agilidade, transparência e satisfação ao usuário”, afirma o secretário da Fazenda, Manoel Vitório. Segundo ele, em breve, nenhum processo da Sefaz-BA tramitará em papel.
O secretário da Administração, Edelvino Góes, explica que a implantação do SEI pode ser considerada um marco na administração pública. “É impressionante o aumento da produtividade, a forma como facilita o trabalho e a comunicação simultânea que proporciona entre as áreas”, destaca.
De acordo com levantamento da Saeb, são criados por dia no SEI cerca de 750 novos processos. Para se ter uma ideia da redução de custos, o Estado consegue economizar R$ 30 em um processo de 150 páginas. Desde que o SEI Bahia foi lançado, em dezembro de 2017, já foram abertos mais de 25,5 mil processos, capacitados cerca de dois mil servidores e cadastrados mais de 16 mil usuários. O sistema está estruturado em 7.656 unidades do Estado.
Fonte: Ascom/Sefaz-BA
Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP


Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.