editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

SEGURANÇA PÚBLICA

Publicado em 27 de abril de 2018 às 19:14h

Superlotação carcerária, drogas, ronda escolar, audiência de custódia e suicídio foram apenas alguns dos temas discutidos da Audiência Pública nesta sexta-feira

por Katia Armini

A Câmara Municipal de Teixeira de Freitas realizou na tarde desta sexta-feira, dia 27, audiência pública para discutir o que desencadeia a violência em Teixeira de Freitas e quais ferramentas podem ser usadas visando combater a criminalidade.

A abertura do evento foi feita pelo 2º vice-presidente da Casa Legislativa, Wildemberg Soares Guerra, em razão do presidente (Agnaldo Teixeira Barbosa) estar recebendo homenagem no estado do Espírito Santo e do vice-presidente ( Bernardo Cabral) estar representando a Câmara Municipal em outro evento oficial.

O vereador Marcílio Goulart (PT), proponente da audiência, além de agradecer o comparecimento das autoridades policiais e judiciarias, ressaltou a importância do tema trazendo para o campo da discussão o aumento no número de crimes ligados ao tráfico e consumo de drogas, como são os casos dos pequenos furtos e homicídios.

Também foram abordados problemas crônicos dentro do contexto da insegurança enfrentada pelo teixeirense e as alternativas que podem ser aplicadas. Entre os temas discutidos foram levantadas questões em torno do insuficiente número de efetivo tanto da Polícia Militar como da  Civil; superlotação carcerária; ronda escolar; audiência de custódia; fronteiras abertas; armas; drogas; suicídio; violência no trânsito, entre outros.

O parlamentar ainda destacou que muitas sugestões para reforçar a segurança dos cidadãos foram levantadas e que um estudo será feito para analisar o que é realmente viável e ser colocado em ação.  Marcílio  ainda deixou subentender que é preciso união e trabalho árduo na busca de minimizar a violência e combater o crime dentro da cidade. Várias outras autoridades concordaram que além de medidas protetivas é preciso investir em medidas preventivas tendo como principal ferramenta de transformação a educação, o esporte e a cultura.

A mesa principal foi composta pelo proponente da audiência, Marcílio Goulart; o 2º vice-presidente da Casa Legislativa, Wildemberg Soares Guerra; o comandante de operações especiais da Bahia, tenente-coronel Paulo Tarso Alonso Uzêda (representando o governador Rui Costa);  o secretário de Segurança e Cidadania de Teixeira de Freitas, capitão Leonardo Alvaro; o juiz de direito dr. Roney Jorge Cunha;  a coordenadora regional da 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), drª. Valéria Chaves;  coordenador adjunto, dr. Robério Farias; tenente-coronel Sérgio Barros Bispo; o diretor do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, tenente-coronel Osíris, e o comandante da 87ª Companhia Independente de Polícia Militar de Teixeira de Freitas(CIPM), major Silvio Nunes.

Entre as autoridades presentes também podemos destacar a presença da defensora pública, drª Isabel do Carmo; do secretário de Meio Ambiente, professor Archangelo Deppizol; da presidente da Associação Pestalozzi, Maria Luiza Zanon Dall’Orto; do ex-vereador Domingos Nonato, e dos vereadores Ronaldo Cordeiro, Joris de Gel. Erlita de Freitas, Valci Vieira Lima, Ailton Lacerda, Arnaldo Souza Júnior, Leonardo do Sindicato, Adriano Souza e Darlan Martins.

 

 

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP


Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.