editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Justiça

Publicado em 7 de dezembro de 2017 às 11:18h

Tribunais baianos descumprem prazo e não informam salários de juízes

A demora na entrega das informações pode passar para a sociedade a impressão de que os tribunais agem de “má-vontade”, segundo Cármen Lúcia
por Foco no Poder

Foto: Time Bless/ CC | EBC

Foto: Time Bless/ CC | EBC

Todos os tribunais com atuação na Bahia descumpriram o prazo dado pela presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e não enviaram ao órgão informações referentes à remuneração de seus magistrados.

O prazo expirou à 0h desta quinta-feira (7). Descumpriram a ordem o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), o Tribunal Regional da 1ª Região (TRF1) e o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5).

“Eu entreguei a todos uma planilha no dia 20 de outubro. Até hoje, dia 4 de dezembro, não recebi as informações de novembro e dezembro. Espero que em 48 horas se cumpra essa determinação do CNJ para que eu não tenha que acioná-los oficialmente”, disse Cármen Lúcia, durante reunião com os presidentes dos tribunais.

Segundo a ministra, a demora na entrega das informações pode passar para a sociedade a impressão de que os tribunais agem de “má-vontade”. “Quero terminar o ano mostrando para a sociedade que não temos nada para esconder”, afirmou.

A obrigatoriedade do envio das informações advém da Lei de Acesso à Informação (Lei n. 12.527, de 18 de novembro de 2011) e da Resolução n. 215, do CNJ, de 16 de dezembro de 2015. Fonte: bahia.ba

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP


Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.