editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Trabalho

Publicado em 14 de dezembro de 2017 às 09:02h

Unidades da Rede SAC ganham escritórios do Programa Primeiro Emprego

por Foco no Poder
Alta demanda de contratações e necessidade de monitoramento dos egressos levaram à implantação de Escritórios Regionais do Programa Primeiro Emprego (PPE) em unidades SAC do interior do Estado. Já estão em funcionamento dois escritórios: em Teixeira de Freitas e Irecê, que foi inaugurado na última sexta-feira (8). Ainda vão ser implantados mais quatro escritórios nos postos SAC Jequié, Feira II, Conquista II e Santo Antônio de Jesus.

A presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), Maria Quitéria, acredita que a ação vai facilitar o acesso dos jovens a informações sobre o programa. “A gente que faz gestão pública entende que tudo o que é feito no sentido de se aproximar mais das pessoas, funciona melhor. Para os egressos das escolas do ensino técnico estadual que moram no interior da Bahia é fundamental a implantação dos escritórios, pois o programa precisa de acompanhamento sistemático para garantir a eficácia”, disse.

Cada unidade possui dois pontos de atendimento, com o objetivo de prestar informações, formalizar contratações e tirar dúvidas dos egressos. Eles vão atuar em diversos órgãos como Secretaria da Segurança Pública (SSP), Secretaria da Fazenda (Sefaz) e Universidade do Estado da Bahia (Uneb). O programa já contempla 23 contratados no território de Irecê e 37 na Chapada Diamantina, que serão atendidos no posto SAC de Irecê. Os 15 contratados no território do Extremo Sul e 35 na Costa do Descobrimento serão atendidos no posto SAC de Teixeira de Freitas.

O secretário da Administração, Edelvino Góes Filho, acredita que a chegada dos escritórios à Rede SAC traz mais celeridade à execução do programa no interior da Bahia. “A implantação destes núcleos em municípios do interior é importante para acolher os egressos, atender as demandas possíveis e, prioritariamente, fortalecer a interiorização do programa”, disse.

O PPE é uma ação social de combate ao desemprego de jovens, promovido pelo Governo do Estado para inserir no mercado de trabalho estudantes da Educação Profissional e adolescentes qualificados por programas governamentais. A meta é oferecer um total de 4.500 mil vagas até 2018. Os empregos serão oferecidos na área de estudo de cada jovem.
Fonte: Ascom/ Secretaria de Administração do Estado (Saeb)

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP


Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.