editorial destaques

O QUE ESTÁ EM FOCO

economia sustentabilidade comunidade política saúde educação esportes polícia

COLUNAS

além da porteira curtas e picantes eco e pet vidas em foco

Política

Publicado em 3 de outubro de 2018 às 07:10h

Wagner critica Judiciário e descarta ministério caso Haddad vença eleição

por Foco no Poder

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O candidato ao Senado Jaques Wagner (PT) afirmou que não pretende assumir um ministério caso Fernando Haddad (PT) seja eleito presidente da República. “Não tô me elegendo senador para ser ministro”, garantiu nesta terça-feira (2).

O ex-governador da Bahia ainda classificou a delação do ex-ministro Antonio Palocci, divulgada nesta segunda-feira (1º) após o juiz Sergio Moro determinar a quebra de sigilo, como um “achincalhe do Judiciário” e disse também que se trata de “uma tristeza para o Judiciário brasileiro e não para o PT”. “Mais um carimbo que parte do Judiciário não está fazendo justiça e sim política”, afirmou.

Na oportunidade, Jaques Wagner criticou o “voto antipetista”. “O voto antipetista é uma desculpa envergonhada das pessoas que votam em uma pessoa que prega tortura, inferioridade feminina, prega a bala pra resolver os problemas”, disse. Fonte: Bahia Notícias

Compartilhe nas redes socias: FACEBOOK WHATSAPP


Colunas

Além da porteira
Confira todas as informações sobre o Agronegócio e Economia Local, oportunidades e curiosidades e muito mais.
Curtas e picantes
Engenheiro Civil, Pós Graduado em Marketing Empresarial, participa como estrategista em Campanhas Políticas desde 1985, conhecido por Dilvan Coelho.
Eco & Pet
Doutora em linguística pela PUC-RS (2014) e Mestre em Estudos de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia - Uneb (2008), Cristhiane Ferreguett.